Jornal Português Gratuito - Classificados e Informação
  • Selecione seu país
  • Português de Portugal
  • Português do Brasil
  • Español México
  • English
  • Español
  • Português da Angola
  • Español Colombia
  • Español Venezuela

Classificados

Pessoas

Jornal Português Gratuito
172 Notícias registradas
Administrador
Daniel Amico
78 Notícias registradas
Colunista
meu-blog
15 Notícias registradas
Colaborador
carlosgalvao
1 Notícia registrada
Colaborador

Top Comentadores

Daniel Amico
18 Comentários postados
gildo
2 Comentários postados
Lino Mendes
2 Comentários postados
Andressa S. Nunes
1 Comentário postado
savia monique lopes rotondaro
1 Comentário postado

Últimos Comentarios

Veja todas as informações sobre o mundo dos carros!

Notícias

As mensagens do Papa Francisco

Novidades / Boas Notícias Postado de: Setúbal / Setúbal 09/06/2013 - 19:12 | Views: 688
As mensagens do Papa Francisco

Entre admiração e encantamento, o mundo recebe as mensagens que o Papa Francisco está deixando em cada uma de suas aparições públicas. São frases simples, mas contundentes, muitas vezes contrárias à linguagem politicamente correta. Leia um resumo de algumas das suas declarações.

A Igreja não é uma ONG piedosa: "Nós podemos construir muitas coisas, mas se você não confessar Jesus Cristo, nos tornamos em uma ONG humanitária, mas não na Igreja, a Noiva do Senhor. A Igreja não é uma organização que nasceu de um acordo entre as pessoas, mas da obra de Deus "

A Igreja pobre para os pobres: "São Francisco de Assis é o homem que nos dá o espírito de paz, o pobre homem ... Ah, como eu queria uma igreja pobre e para os pobres! A Pobreza aprende-se com os humildes, os doentes e todos aqueles que estão na periferia da vida existencial. A Pobreza teórica não é útil. A Pobreza aprende-se tocando a carne de Cristo pobre no humilde pobre, nos doentes e nas crianças. "

Quem não orar ao Senhor, ore ao diabo: “Quando você não confessar Jesus Cristo vem à mente as palavras de Léon Bloy: ‘Aquele que não ora ao Senhor, ora para o diabo“. “Quando não confessamos Jesus Cristo, confessamos o mundanismo do diabo, o mundanismo do demonio”.

Que a Igreja saia da sacristia e os cristãos se unam uns aos outros: "Seguir, acompanhar Cristo, permanecer com Ele requer sair. Saia sim, da tentação de se fechar para seus próprios esquemas que acabam fechando o horizonte da ação criadora de Deus. (...) Devemos nos mover em direção aos nossos irmãos e irmãs, e especialmente para aqueles que estão mais longe, os que estão esquecidos, aqueles que precisam de compreensão, conforto, ajuda”.

Deus não se cansa de perdoar: "O Senhor não se cansa de perdoar: nunca! Nós, sim nos cansamos de lhe pedir perdão. E pedimos a graça para não mais nos cansarmos de lhe pedir perdão, porque Ele não se cansa de perdoar”.

Por um Papa de serviço, não de poder: "Não se esqueçam de que o verdadeiro poder é o serviço e que o Papa para exercer o poder deve ir cada vez mais ao serviço que tem sua luz superior na Cruz”.

Pastores com cheiro de ovelhas: "Há padres tristes, que se transformaram em coletores de antiguidades ou de novidades, em vez de serem pastores com cheiro de ovelhas, em vez de serem pastores que entram no seu rebanho e que são pescadores de homens, então eu lhes peço: sejam pastores com cheiro de ovelhas "

Não podemos anunciar Jesus com cara de funeral: "Nunca sejam homens e mulheres tristes: um cristão não pode ser assim, nunca! Não deixe o desânimo lhe ganhar! Quero Católicos felizes. Não podemos anunciar Jesus com cara de funeral".

Uma igreja que cuida da Criação: "Nós somos os guardiães da Criação, da vontade de Deus inscrita na natureza, guardiões do outro e do meio ambiente.  A pessoa humana está em perigo: aqui a urgência de ecologia humana".

Desperdiçar comida é roubar: "Em muitas partes do mundo, apesar da fome e da desnutrição, a comida é descartada. Quando a refeição é compartilhada de forma justa, ninguém carece do necessário. Os alimentos que são jogados no lixo são alimentos que se roubam da mesa dos pobres, dos famintos".

Contra a cultura do descartável: "O egoísmo e a cultura de descartável levou as pessoas a descartar os fracos e os necessitados"

Contra a cultura do bem-estar: "Não, não, não mais do que um filho, porque não podemos tirar ferias, não podemos ir a tal lugar, não podemos comprar a casa." É bom seguir o Senhor, mas até certo ponto; isso é o que faz de nos o bem-estar: puxa-nos para baixo, tira-nos a coragem, a coragem forte de andar perto de Jesus. "

Contra a tirania dos mercados e da adoração do dinheiro:  "O antigo culto do bezerro de ouro encontrou um novo e cruel fetichismo do dinheiro e da ditadura de uma economia que não tem rosto. Hoje não manda o homem, mas manda o dinheiro. O dinheiro deve servir e não governar! "

A Igreja não é uma aduana: Pense em uma jovem mãe que vai à igreja: "Quero batizar o meu filho. E eu digo: Não, você não pode porque você não é casada". Essa jovem, que teve a coragem de levar a cabo a sua gravidez e não mandou seu filho para o remetente, o que encontra? Uma porta fechada! Isso afasta do Senhor! Jesus fica irritado quando vê essas coisas. Muitas vezes agimos como controladores da fé e não como facilitadores. A Igreja não é uma aduana. Oremos para que todos aqueles que vêm para as portas da igreja as encontrem abertas. "

Uma Igreja livre de ideologias: "Os ideólogos falsificam o Evangelho. Qualquer interpretação ideológica, vindo de um lado ou de outro, é uma falsificação do evangelho. Estes ideólogos -e temos visto na história da Igreja- se tornam em intelectuais sem talento, éticos sem bondade. E de beleza, nem falar, porque disso não entendem nada.”

Jesus, única porta: "Jesus é a única porta para entrar no Reino de Deus, todos os outros caminhos são enganosos, eles não são verdadeiros, são falsos. [...] É a Identidade da Igreja Cristã... porque você não conseguem encontrar Jesus fora da Igreja ".

A oração não é chata, a eternidade também não: "A oração que nos aborrece está dentro de nós mesmos como um pensamento que vem e vai; a oração em nome de Jesus nos leva para fora de nós mesmos. [...] A eternidade é essa: adorar a Deus. Mas nunca será chata, será bonita.”

Confissão não é uma sessão de tortura nem uma lavanderia: "Jesus no confessionário não é um produto de limpeza a seco. A possibilidade de se envergonhar é uma verdadeira virtude cristã, e até mesmo humana. Bendita vergonha (...). É assim que nos tornamos conscientes do mau realizado (...) E se amanhã eu fazer o mesmo? Voltar .... Ele sempre nos espera. O confessionário não é uma sessão de tortura, mas o lugar onde Deus nos convida a experimentar a Sua ternura."

Deus não é um spray: “Deus é uma pessoa específica, e não um Deus vago, tipo um Deus spray, que é esta um pouco por toda parte, mas que não se sabe o que é".

A Igreja não é uma babá: "Se anunciou a mudança a Igreja torna-se uma igreja-mãe que gera filhos, para que nós, filhos da Igreja, levemos (o Espírito Santo). Mas quando não o fazemos, a Igreja não se torna mãe, mas em Igreja tipo baby-sitter, que cuida da criança para fazê-la dormir. É uma Igreja sonolenta”.


Escrito por: Daniel Amico
Veja outras noticias assinadas por: Daniel Amico

Tags: Papa Francisco, mensagens Papa, Francisco



Comentários: (0)

Nenhum comentário, seja o primeiro!
Comentário



Informe o código ao lado
Leia a Política de Comentários